tudoradio.com | Mais ecológico, rádio digital cresce na Alemanha e é consumido por mais 60% das famílias

By


A indústria de rádio alemã está repercutindo a mais recente pesquisa sobre o consumo do meio no país europeu, dados da Kantar. No último levantamento, foi observado que o rádio analógico alcança até 88,9% da população da Alemanha e o consumo de rádio digital já é acompanhado por mais de 60% das famílias alemãs. Outro ponto de discussão é o caráter ecológico da transmissão de rádio digital, que tem um gasto de energia elétrica bem inferior à transmissão FM tradicional e analógica.

Ainda com um caminho grande para percorrer, o rádio digital via ondas terrestres, pela tecnologia DAB+, alcançou 27% da população em 2021. Para se ter uma ideia desse avanço, em 2020 o alcance era de 24,3% e em 2017 era de apenas 15,1%. Ou seja, um em cada quatro dos lares da Alemanha tem pelo menos um receptor de rádio DAB +. Em resumo: a recepção digital de rádio nas residências está aumentando.

Assim como em outros locais do mundo e também conforme já noticiado pelo tudoradio.com, a transmissão via ondas terrestres analógicas (com destaque para o FM) é hegemônica na Alemanha, alcançando 88,9% da população em 2021. Porém, esse número está recuando, conforme a transmissão digital é mais trabalhada pelas emissoras. Mesmo assim, essa variação negativa ainda é muito tímida, com pouca variação entre 2017 e 2020 (de 92,9% para 91,2%). É possível que o alcance tenha também diminuindo devido à dinâmica diferente durante a pandemia da covid-19.

Já o chamado rádio por IP, que usa conexão via internet como o streaming, também tem avançado constantemente, chegando a 16,8%  em 2021. Esse número era de apenas 9,7% em 2017, segundo a Kantar.

O levantamento da Kantar também trouxe um mapa com a quantidade de transmissões em DAB + pelo país e ele segue a densidade demográfica local (veja a imagem abaixo). As áreas metropolitanas de Berlim, Munique, Frankfurt, Nuremberg e Estugarda estão entre os destaques. Todo o território alemão conta com transmissão de rádio digital via ondas terrestres.


Mapa da Alemanha com a quantidade de canais em DAB+ em cada região / Kantar – Radioszene

“Green Radio”

Um dos pontos de destaque sobre o raio-x do rádio na Alemanha está relacionado com o perfil mais ecológico da transmissão digital terrestre, pauta esta que está em praticamente todos os segmentos econômicos da Europa. O grupo Bavarian Broadcasting Corporation e o Centro Estadual de Novas Mídias da Bavária mostraram um estudo que colabora com essa visão mais verde da transmissão DAB+.

Segundo a reportagem do portal alemão Radioszene, que repercutiu o estudo, “com DAB + o consumo de energia ao transmitir um único programa é significativamente menor do que com FM. Se apenas transmitisse seus programas via DAB +, o Bayerischer Rundfunk economizaria cerca de 75% da energia por programa e o Antenne Bayern até cerca de 85%. Outros provedores na Alemanha apresentam um potencial de economia semelhante”, destaca o texto.

Programa é como são chamadas as programações e formatos por canais no DAB + e disponibilizados em frequências de rádio digital.


Logotipo da tecnologia DAB+ com os dizeres “Green Radio” (rádio verde), para destacar o perfil mais ecologicamente correto desse formato de transmissão

Recomendamos:
> Nielsen: Rádio segue forte na Noruega em audiência e investimento publicitário
> Mesmo com a pandemia, consumo de rádio na Alemanha segue elevado. Meio atinge 93,5% da população
> Estimativa aponta que rádio terrestre representa entre 85 e 90% do total do consumo do meio na Europa

Com informações do portal Radioszene.de e Kantar. Colaboração de David Duck

Tags:
Rádio, Alemanha, consumo, Europa, pesquisa, audiência, áudio, FM, DAB+





Link da fonte