tudoradio.com | Rádios da EBC transmitem programa especial em homenagem à cantora Elza Soares


Rádios da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) irão transmitir um programa especial em homenagem à cantora Elza Soares, que morreu nesta quinta-feira (20), aos 91 anos. A atração vai ao ar pelas emissoras da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional e da Rádio MEC. No programa, as emissoras públicas irão resgatar entrevistas e conteúdos históricos da artista. 

Segundo as informações, o programa vai ao ar das 18h às 19h. A produção vai utilizar o acervo da EBC com entrevistas e apresentações que a cantora realizou nas visitas que fez às rádios. 

O programa vai ao ar pela Rádio Nacional (Brasília: FM 96.1 e AM 980; Rio de Janeiro: FM 87.1 e AM 1130; São Paulo: FM 87.1; Belo Horizonte: FM 87.1 e Recife: FM 87.1) e também na Rádio MEC (Rio de Janeiro: 99.3 e Brasília FM 87.1). Ao completar 90 anos em 23 de junho de 2020, Elza Soares foi homenageada nos programas Viva Maria e Rádio Sociedade.

Outras rádios jornalísticas fizeram uma ampla cobertura sobre a morte da cantora. O falecimento de Elza Soares também repercutiu na imprensa internacional. O velório e o sepultamento do corpo de Elza Soares ocorreu nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro.

Começo no rádio

Elza Soares nasceu em uma família pobre em uma favela conhecida como Moça Bonita, no bairro de Padre Miguel, no Rio de Janeiro. Casou-se pela primeira vez com apenas 12 anos de idade, com um amigo do seu pai, que havia tentado abusar sexualmente dela. Deu à luz ao primeiro filho um ano depois, aos 13. Aos 15, perdeu o segundo filho para a fome.

Elza começou a cantar na década de 1950, quando decidiu se inscrever em um show de calouros apresentado por Ary Barroso, uma das passagens de sua vida mais lembradas. Quando ela subiu ao palco, foi recebida a gargalhadas pelo público e ironizada pelo apresentador, que perguntou: “De que planeta você veio?”. Elza, então, respondeu: “Do planeta fome”.

A oportunidade de trabalhar somente com música só apareceu anos mais tarde, na década de 60, quando ela foi vencedora de um concurso na rádio Tupi. Na ocasião, ela interpretou diversas canções escolhidas pelo público e acabou sendo contratada pela rádio. 

Elza já era cantora quando conheceu o jogador de futebol Garrincha. Ele era casado quando começou a ter um caso com ela, em 1962. Quatro anos mais tarde, em 1966, foram morar juntos. O casamento durou até 1982 e acabou após uma série de episódios de violência doméstica e traições, além do alcoolismo de Garrincha. Ele morreria em 20 de janeiro de 1983, exatos 39 anos antes de Elza.

Com informações da EBC e Rádio Itatiaia

Tags:
Rádio, Elza Soares, falecimento, programação, EBC, Rádio Nacional, Rádio MEC





Link da fonte